Exit

20 de agosto de 2018

‘O livro como destino e tribuna da fotografia’: FliMinas apresenta papo-projeção com Custódio Coimbra e Cristina Chacel

A partir da experiência editorial de ‘Guanabara Espelho do Rio’ (FGV Editora, 2016), livro de fotos de Custodio Coimbra, com textos de Cristina Chacel, os autores vão apresentar os caminhos deste encontro, abordando conceito, desenvolvimento e realização da obra. O bate-papo será na sexta-feira, dia 7 de setembro, às 18h30 no Centro Cultural Profª. Maria Pinto.

Da ideia criativa às etapas de produção, parcerias e desafios, ao casamento de texto e imagem e suas múltiplas possibilidades, o livro como nobre suporte da fotografia. Após o encontro, haverá sessão de autógrafos.

Imagem: divulgação.

Imagem: divulgação.

Fotógrafo de imprensa há quase quatro décadas, Custodio Coimbra passou pelos principais jornais impressos do Rio. É hoje um artista requisitado entre colecionadores do mercado de fotografia de arte. Além de fotos divulgadas em jornais e revistas mundo afora, participou de dezenas de mostras coletivas no Brasil e no exterior. Tem sua obra identificada com a história e a paisagem do Rio de Janeiro.

Cristina Chacel é jornalista e passou pelas principais redações cariocas como Rádio JB, Última Hora, Jornal do Brasil e O Globo. Foi repórter, redatora e editora, quase sempre nas áreas de economia e tecnologia. Hoje trabalha com comunicação corporativa, criação de textos institucionais, políticas públicas e projetos sociais e solidários no Rio de Janeiro, cidade onde nasceu e vive. É autora de dezenas de livros, entre eles ‘Rio de Cantos Mil’ e ‘Seu Amigo Esteve Aqui’.

Close
Go top